02 dezembro 2007

Fuga

Amanheci,
pois a noite tardou
em acabar.

Adormeci em teus braços
para vingar
àquela paixão que sinto
pelo outro.
Em vão.

Fingi te amar
loucamente
em cada suspiro
cada olhar.
Anoiteci,
mas era tarde
e o sol tornou a brilhar.

2 comentários:

Janaina disse...

eee! novos posts!
andei ausente no fim de semana, mas hoje tive que vir ver se tinha atendido meus pedidos e colocado novos textos! hehe
adoro!!!
beijo mazzinha!!!

Maria Eliza Marques disse...

o público é quem manda né Janinha!
você é o meu maior e melhor! hahaha

beijãoo