28 julho 2008

O Encontro

INTRO.

A manhã fria de sábado
Trazia consigo um ar de graça.
O sol aquecia minha face
Entre os passos lentos
De minha caminhada.

PARTE I

Entre um aglomerado e outro de pessoas
O vi passar.
Meus olhos cansados
Não conseguiram desviar sua atenção para outro lugar
Se não pelo caminho que ele percorria.

Um sentimento de felicidade e angústia
Me consumiu.
De vê-lo tão belo, sereno,
Mas passageiro.

E em meu íntimo,
Um desejo apenas:
Reencontrar aquele ser iluminado.

PARTE II

De repente
Lá estava ele, outra vez
Sentado ao sol,
Perfeito.

E algo me prendia à sua presença
Que me fazia não querer sair do seu lado
Nunca mais.

Mais uma vez, nos separamos.

PARTE III

Mas em minha partida,
Um cruzamento inesperado
Uma troca de palavras,
De sorrisos e olhares

Eis que ele diz:
“Nos encontraremos mais vezes”.
E a partir deste momento
Eu permaneceria feliz.

2 comentários:

Juliana disse...

Má, que lindo.
E que saudades de você.

beijos com muito carinho.

Maria Eliza Marques disse...

Jubilee!
sabe o que tenho vontade de dizer pra você neste momento (além de obrigada?!)
te amo!=)